Coluna SP

[Coluna SP 23.09.2020]

Tintin

Cristiana e Antônio Lúcio Carneiro (o filho) – um guapo casal – reunirão a famíly, sexta, para almoço brindando a estreia do anfitrião nos 50’.

Lançamento

A pedido do candidato ao Paço Municipal, José Sarto, o governador Camilo Santana apresentou o Programa Sua Nota Tem Valor, beneficiando projetos sociais de Igrejas. Então, o contribuinte pode registrar o CNPJ dessas entidades e participar do Programa, concorrendo a R$ 450 mil mensalmente. São R$300 mil rateados entre as entidades e R$150 mil entre os contribuintes. No flash: secretária da Fazenda, Fernanda Pacobahyba, Camilo Santana e José Sarto.

Além-mar

Gutinho Benevides aterrissará, próximo mês, em Lisboa, “para desenjoar da onda de baixo astral que invade o Brasil, sobretudo na cena política”. Ele e o filho Álvaro (ambos no flash com o neto Eduardo) tratam com êxito da conquista de suas cidadanias portuguesas.

Love

Novo par romântico: Hugo Machado II e Andréa Bezerra.

Brinde

Cenário: Coco Bambu Iguatemi, na sessão brinde (almoço) da querida Betinha Sampaio (aniversariante), emoldurada na picture por Danielle Sampaio, Victor Baquit e Nayara, Tito Sampaio, Tito Junior e Loreta, Michelinne e Edilson Pinheiro, Beatriz Pinheiro, Paulo, Arthur e Letícia Pinheiro.

Debut nos 70′

Goretti Sucupira Câmara vai festejar sua estreia nas 7 décadas, amanhã, no Pipo.

Table

Mesa composta por friends, último fds, no Ibiza Cumbuco, juntava os casais desembargadores José Cláudio Carneiro, Antônio Parente, Byron Frota e Eymard Amoreira.

Capitão Wagner: “Se não fosse a pandemia, o Governo Bolsonaro já teria crescido como ainda não se viu na história do país”

No olhar do Capitão Wagner Souza Gomes (picture: Tapis Rouge), 41, aspirante ao Paço Municipal, a bordo do PROS, a pandemia da Covid-19 alterou a evolução do pleito municipal em todo o país. Não se sabe, por exemplo, se os eleitores participarão com intensidade da campanha e até mesmo se grande parte deles irá às urnas, por conta do temor de infectar-se. “Será, portanto, tudo muito diferente, este ano. Mas estamos felizes pelo que realizamos em uma década de vida pública”.

Sobre como 2020 será lembrado posteriormente: um ano que não existiu ou que veio para mudar tudo?

Wagner: Penso que 2020 atuará como um freio de arrumação para o mundo. Pessoas que só pensavam em adquirir capital e progredir financeiramente, esquecidas dos valores da vida, da família, ante às perdas que tivemos, vão repensar uma nova forma de viver, de cuidar do próximo, de valorizar a solidariedade. A humanidade – acredito – refletitá sobre tudo e passará a recriar-se. A gestão pública inclusive terá as pessoas e seu bem-estar como foco.

SP: Pelo conhecimento que tem de Fortaleza, quais os prefeitos que merecem ser lembrados positivamente?

Capitão Wagner: Cada prefeito deixou um legado, uma gama de serviços prestados mas, acho que Juraci Magalhães é lembrado de forma intensa. Era amado e respeitado tanto pela periferia como pelo setor produtivo. Possuia uma natural forma de dialogar e deixou muitas e importantes obras imprimindo seu nome à cidade.

SP: O que já imagina fazer por Fortaleza, caso se eleja o sucessor de Roberto Cláudio?

Wagner: Inicialmente, atuar no combate à tanta desigualdade social – no chamado Grande Meireles, seu IDH (Índice de Desenvolvimento Humano) é igual ao da Noruega (o maior do mundo) e prestar serviços que beneficiem às comunidades carentes, com saneamento básico, água tratada, funcionamento adequado de todos os serviços públicos e a redução da criminalidade.

SP: Como traduz o Governo Bolsonaro?

Capitão Wagner: o presidente conta com uma equipe altamente qualificada, a exemplo dos Ministros da Infraestrutura, que tem dado show, da Agricultura, e da Economia – o Paulo Guedes tem o absoluto respeito do mercado-, da Justiça, que é discreto mas desenvolve um trabalho importante. O presidente – proativo – desenvolve realizações exitosas, que geram emprego e renda, conclui obras iniciadas em gestões anteriores e intensifica o combate à corrupção. E, se não fosse a pandemia, o Brasil teria crescido, como não se viu antes na história deste país. Mas, a partir de 2021, creio, o Brasil evoluirá muito.

Compartilhar

Deixe seu comentário